Buscar

Quando o amor é maior que a REJEIÇÃO



A rejeição, ou o medo da rejeição, são experiências que geram muita dor e sofrimento para um número grande de pessoas.


As feridas físicas e emocionais causadas pela rejeição podem levar uma vida toda para serem curadas.


O sentimento de ser rejeitado por alguém e o medo da rejeição mexe profundamente com a nossa estrutura, principalmente quando a rejeição vem de quem mais deveria nos amar.


A psicóloga Andrea Ferreira cita num artigo que:

“Pesquisas realizadas nos Estados Unidos demonstraram que a dor causada pela rejeição é igual a dor física, exames neurológicos mostraram que a experiência da rejeição ativa no cérebro as mesmas áreas que são ativadas durante a dor física, isso explica porque sentir-se rejeitado dói tanto e é tão difícil de lidar”.

Fonte pesquisa


E a pergunta que fazemos então é: se a rejeição é algo que causa tanta dor e sofrimento, por que ela é tão comum nas relações humanas?


A Bíblia nos oferece uma reposta à essa pergunta. A rejeição está presente nas relações humanas porque o ser humano tem rejeitado a Deus.


A RAIZ DO PROBLEMA


Por causa da rejeição do ser humano a Deus, o Criador, é que a experiência da rejeição começa a fazer parte da nossa realidade e das nossas relações.


Deus nos criou para desfrutar de um relacionamento de intimidade e amizade com ele.


A maneira como nos relacionamos com Deus influencia diretamente todos os demais relacionamentos que temos.


E se o propósito de Deus no princípio era construir uma relação de amizade e harmonia com o ser humano, no capítulo 3 do livro do livro de Gênesis nós vemos que, infelizmente, os primeiros seres humanos rejeitaram e se voltaram contra esse propósito.


Eles acabaram seduzidos pela proposta tentadora de rejeitar a condição de seres criados a imagem e semelhança de Deus, para se tornarem deuses de si mesmos.


Disse a serpente à mulher:


"Certamente não morrerão! Deus sabe que, no dia em que dele comerem (do fruto do conhecimento do bem e do mal), seus olhos se abrirão, E VOCÊS SERÃO COMO DEUS, conhecedores do bem e do mal". Gênesis 3.4,5

Ao desejar ser deus de si mesmo, o ser humano rejeita a Deus. Uma vez que essa rejeição acontece, todas as relações humanas são afetadas e passamos a rejeitar uns aos outros também.


A rejeição consciente e persistente de Deus nos leva para longe do propósito inicial de Deus. Quanto mais longe de Deus estivermos, mas nos afastamos uns dos outros.


E isso é algo que facilmente percebemos ao longo da história.


Por exemplo, observem o que acontece na história do povo de Israel.


Trata-se de um povo criado por Deus para servir aos seus propósitos. O projeto de Deus, a partir de Israel, era criar um povo que vivesse debaixo do seu governo amoroso e que fosse uma ponte para que os demais povos da terra conhecessem a Deus e se voltassem para ele.


A promessa de Deus a Abrão deixa isso bem claro: “Eu os abençoarei e por meio de vocês todos os povos da terra serão abençoados”. Vejam que o projeto de Deus não contempla apenas um povo, mas todos os povos da terra.


Mas Israel REJEITOU a Deus e a sua vocação em vários momentos.

Primeiro: Quando eles rejeitaram a Deus como rei, ao pedirem um rei para governá-los a exemplo das outras nações. Quando, porém, disseram:


“Dá-nos um rei para que nos lidere”, isso desagradou a Samuel; então ele orou ao Senhor. E o Senhor lhe respondeu: “Atenda a tudo o que o povo está lhe pedindo; não foi a você que rejeitaram; foi a mim que rejeitaram como rei. 1Samuel 8.6,7.

Segundo: Quando eles rejeitaram a vocação e o chamado de Deus para serem benção às nações insistindo na rejeição a Deus e a sua Palavra:


"Assim diz o Soberano Senhor: Esta é Jerusalém, que pus no meio dos povos, com nações ao seu redor. Contudo, em sua maldade, ela se revoltou contra as minhas leis e contra os meus decretos mais do que os povos e as nações ao seu redor. Ela rejeitou as minhas leis e não agiu segundo os meus decretos. Ezequiel 5.5,6.

Terceiro: Por fim, eles rejeitam o próprio Deus, na pessoa de Jesus – Aquele que é a Palavra estava no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o reconheceu. Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. João. 1.11.


Não pensem que somos melhores que o povo de Israel. Nossas atitudes e decisões demonstram que não somos em nada diferentes em nossa relação com Deus.


A partir de Jesus, Deus também nos chama para fazermos parte do seu povo e demonstrarmos o seu propósito para esse mundo.


Mas nós também, muitas vezes e de diferentes maneiras, rejeitamos a Deus e o seu propósito.


Como REJEITAMOS A DEUS?


Quando rejeitamos o seu governo amoroso sobre nós. Ao insistirmos no desejo de sermos deuses de nós mesmos, ou permitimos que outras coisas governem a nossa vida.


Quando rejeitamos o seu chamado ao discipulado. Ao rejeitarmos a sua Palavra e vocação para sermos instrumento de bênção e transformação nesse mundo.


Quando rejeitamos uns aos outros. Jesus ensinou: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: Ame o seu próximo como a si mesmo”. Mateus 22.37-39. Assim como o amor a Deus nos leva a amar o próximo, a rejeição a Deus nos leva a rejeição do próximo.


Conseguimos entender onde está a raiz do problema? A rejeição que sofremos e praticamos uns com os outros e resultado da nossa rejeição a Deus e o seu propósito.


QUANDO O AMOR É MAIOR QUE A REJEIÇÃO


A boa notícia é que apesar da nossa rejeição, Deus não desiste de nós. Assim como não desistiu do povo de Israel e não desiste de ninguém.


Com seu amor e graça ele vem ao nosso encontro com o desejo de deixarmos a rejeição de lado e nos reconciliarmos com ele.

Vejam o que Paulo escreve em sua segunda carta aos Coríntios 5.15-20:


15. E ele (Jesus, Deus que vem até nós na forma humana) morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.

16. De modo que, de agora em diante, a ninguém mais consideramos do ponto de vista humano. Ainda que antes tenhamos considerado a Cristo dessa forma, agora já não o consideramos assim.

17. Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

18. Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,

19. ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não lançando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação.

20. Portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus.


O AMOR DE DEUS É MAIOR DO QUE A NOSSA REJEIÇÃO.


Quando somos tocados por esse amor, deixamos de rejeitar a Deus e temos a oportunidade de superarmos a rejeição. Aqui começa o processo de cura para toda e qualquer rejeição.


Ao sermos acolhidos por Deus, as feridas causadas pela rejeição que sofremos são tratadas e começa a restauração.


Para a pessoa que sofre pelo medo ou pela experiência real da rejeição, o amor de Deus que acolhe, dá a segurança de sermos amados e aceitos. Mesmo que ainda sejamos rejeitados pelas pessoas, essa rejeição já não nos machuca porque o amor e o acolhimento de Deus suprem os nossos anseios mais profundos de sermos amados e aceitos.


Para quem rejeita ou já rejeitou, o amor de Deus desafia à busca pelo perdão e reconciliação. E quando a presença de Deus nos leva a reparar o mal que as nossas ações de rejeição promoveram na vida de outras pessoas, então nos tornamos instrumento de bênção e cura na vida dessas pessoas.


Quando isso acontece, experimentamos o poder transformador do amor de Deus e nos tornamos novas criatura e bênção aos povos da terra e uns aos outros. Como sempre foi o propósito original de Deus para o seu povo.


A CURA PARA TODOS OS MALES CAUSADOS PELA REJEIÇÃO PASSA PRIMEIRO PELA NOSSA RECONCILIAÇÃO COM DEUS.


Não DESPREZE esse amor tão grande.


P. Joelson Martins



83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo